Buscar
  • marketingimoc

Gengivite

Gengivite é a inflamação na gengiva, tendo como causa principal a higiene bucal inadequada, que leva ao acúmulo de placa bacteriana sobre a superfície dentária. A placa bacteriana é uma fina película formada por bactérias e restos alimentares que, se não for removida corretamente, sofre o processo de mineralização, tornando-se mais espessa e dura, originando a formação do tártaro.

Outras causas podem favorecer a instalação da gengivite, como a gravidez - especialmente devido às alterações hormonais que acontecem durante a gestação. Tabaco também pode ser considerado um fator de risco para a gengivite, além de dentes tortos, mal posicionados, pacientes com aparelho ortodôntico com dificuldades na higienização, etc. Pacientes respiradores bucais também merecem atenção especial, pois apresentam alteração do fluxo salivar - isso deixa o ambiente oral mais seco e, portanto, mais propenso a desenvolver a inflamação.

Os sintomas mais comuns são inchaço e vermelhidão gengival, além de presença de sangramento gengival espontâneo ou ao escovar os dentes ou utilizar o fio dental, além de halitose. Normalmente a dor não está presente.

Quando a inflamação fica restrita a gengiva (gengivite), o processo pode ser revertido com o tratamento adequado. Quando não tratada, a gengivite pode evoluir para a periodontite, uma forma mais grave da doença, que leva à perda óssea ao redor dos dentes, causando mobilidade, e podendo chegar a perda dentária.

O objetivo do tratamento da gengivite consiste de, após o correto diagnóstico pelo cirurgião-dentista, uma raspagem na superfície dos dentes e uma profilaxia (conhecida popularmente como “limpeza”). Este procedimento visa a remoção do tártaro e da placa dentária aderidos à superfície dos dentes. Além da limpeza, é importante que o paciente receba do profissional orientações de como realizar uma correta higienização, apresentando a técnica correta para uso da escova e fio dental, para que a inflamação não volte a acometer a gengiva.

Como forma de prevenção da gengivite, é importante manter uma rigorosa higiene oral, com uso de escova dental e fio dental, além de visitas frequentes ao cirurgião-dentista.

Dra Natalie Temporão – CRO PR 22968


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo